bannerAscom
«Voltar

Detran intensifica conscientização para o trânsito durante 'Maio Amarelo'

 

Em prol da redução do número de acidentes nas estradas e rodovias baianas, o Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) apresentou, nesta segunda-feira (8), no auditório da sede do órgão, em Salvador, as ações da campanha Maio Amarelo 2017. O movimento mundial pela segurança viária tem como objetivo alertar condutores e pedestres sobre os resultados de escolhas erradas no trânsito, como ingerir álcool, usar o celular enquanto dirige, não usar o capacete e invadir o sinal vermelho. 
 
Até o final do mês, o órgão promoverá atividades educativas para condutores e pedestres. “Essa é uma ação mundial de conscientização que todos os órgãos de trânsito fazem para conscientizar a população no cumprimento das normas e conduzir os veículos com atenção e responsabilidade. No ano passado, tivemos mais de 40 mil mortos em todo o país. Nós não podemos aceitar essas estatísticas e ser passíveis a elas. Então, nosso esforço é para conclamar as pessoas para fazerem parte e a se engajar com as ações do departamento. O objetivo é reduzir essas graves estatísticas e diminuir esse número tão alarmante que vitima as nossas famílias”, explicou o diretor geral do Detran, Lucio Gomes.
 
De acordo com o diretor de educação para o transito do Detran-BA, Carlos Moura, o departamento tem uma série de atividades preparadas para acontecer durante todo o mês de maio. “Nós vamos realizar ações de rua. Estaremos nas sinaleiras da cidade, nos bairros periféricos, levando informações para a população, motoristas e pedestres. Também faremos cursos de capacitação para instrutores, mototaxistas e motoristas de ônibus. Também teremos ações nas escolas públicas, levando esse conhecimento para alunos do ensino médio e fundamental para que possamos ter um trânsito mais seguro”.
 
Durante o evento, também foram apresentadas as atividades do programa Pró-Vítimas, realizado pelo órgão. A iniciativa oferece serviços de assistência jurídica, social e psicológica para pessoas que sofreram algum tipo de sequela, independentemente da gravidade, e familiares de vítimas fatais de acidentes de trânsito em Salvador. Os atendimentos são realizados no Espaço Maria Alice, localizado na Rua Barro Vermelho, nº 32, no Rio Vermelho. O telefone para contato é 3022-3849. 
 
Condutores infratores
 
Para o diretor geral Lucio Gomes, a segurança no trânsito começa pelo respeito à legislação de transito. “A obrigação de obedecer às regras é um compromisso de todos. No último sábado (6), foi divulgada uma lista com mais de 1300 condutores que tiveram sua penalidade direta sendo executada e que agora respondem ao processo de suspensão do direito de dirigir. O condutor ainda pode recorrer da decisão à Junta Administrativa de Recursos de Infrações (Jari), mas caso não consiga demonstrar que efetivamente houve algum equívoco no processo, ele terá suspenso o direito de dirigir e terá que passar por um processo de reciclagem para poder voltar a conduzir”, explica.