Escola de eletricistas oferece capacitação profissional para mulheres; Detran é um dos parceiros

Data
Termos
Parceria Coelba

A primeira Escola de Eletricistas para mulheres do norte e nordeste do país foi lançada nesta segunda-feira (19), em Salvador. Desenvolvida pela Companhia de Eletricidade da Bahia (Coelba), a iniciativa tem parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM) e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran BA). 

O governador Rui Costa participou do lançamento e comentou a importância do desenvolvimento de ações para a promoção da igualdade de oportunidades entre gêneros.
 "Quero parabenizar a Coelba e o Grupo Neoenergia por essa excepcional iniciativa de aumentar, facilitar e estimular a entrada de mulheres no mercado de trabalho, numa atividade que até então tem hegemonia de homens. Que todos nós possamos trabalhar para a construção de uma sociedade de direitos e oportunidades iguais, onde todos possam ser estimulados a ocupar diversas atividades profissionais", destacou Rui. 

O curso possui carga horária de 596 horas e irá formar as profissionais da capital e do interior da Bahia para atuação como eletricistas prediais e em redes de distribuição de energia. Ao fim do curso, as estudantes receberão certificado fornecido pelo Senai e serão inseridos no Banco de Talentos da Coelba para possíveis oportunidades de trabalho.

Segundo o presidente da Neoenergia, empresa responsável pela Coelba, Mario Ruiz-Tagle, a ação faz parte do compromisso em prol dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que colocam a igualdade de gênero como uma das grandes metas globais a serem atingidas até 2030. “É o nosso objetivo ajudar a promover o desenvolvimento das comunidades onde estamos inseridas e isso passa pela equidade nas oportunidades para homens e mulheres”, afirmou. 

O Detran BA irá apoiar o projeto com a oferta gratuita de carteiras de habilitação do tipo B, necessária para o exercício da profissão, para as alunas formadas. Já a participação da SPM, explicou a secretária de Políticas para as Mulheres, Julieta Palmeira, envolve o "apoio à escola e a sensibilização das participantes do curso e das servidoras e dos servidores da Coelba na questão da equidade de gênero". 

 

Superação

 

O curso para eletricistas da Coelba já funciona para um público misto em Salvador, Vitória da Conquista, Feira de Santana, Barreiras, Ilhéus e Juazeiro. Primeira mulher formada na turma mista, Vanessa Reis comemorou o lançamento. “É uma oportunidade maravilhosa. O mercado de trabalho está muito disputado, e esse curso vai ajudar que essas mulheres passam se destacar. Além disso, tem toda essa simbologia de superar os preconceitos numa profissão majoritariamente composta por homens. É sempre bom quando as mulheres têm condições de competir de forma igualitária”, disse. 

 

Inscrições

Serão abertas quatro turmas, com um total de 100 vagas, exclusivamente para mulheres. Em Salvador, as aulas serão realizadas nas instalações do Senai, na unidade de Dendezeiros, de segunda a sexta-feira, com início programado para outubro. As inscrições podem ser feitas até 25 de agosto, no site do Senai

Fonte: Secom-BA